51 3026 8979

    51 9 8137 5691

 

FRATER ESPAÇO BIOCÊNTRICO

 A AVENTURA   DO   AUTOCONHECIMENTO

Revista da Frater

Maio/Junho 2015

Ano VIII

n° 52

             Este mês a Biodanza está em ênfase em nossa Revista. Trazemos uma carta de Rolando Toro, criador deste sistema,  que lembra da missão de um facilitador de biodanza. Em uma segunda matéria uma reflexão sobre o principio Biocentrico e ainda um vídeo sobre a Biodanza.

             Saindo do tema Biodanza vamos conhecer a historia dos Cátaros, um movimento religioso da idade média que foi um dos fatores que impulsionou a criação dos tribunais da inquisição. Boa Leitura!

O PROFESSOR DE BIODANZA

DSC_0213w.jpg

Alguns dias antes de seu fazer sua passagem o professor Rolando Toro, criador do sistema Biodanza escreve uma carta dirigida à comunidade de Biodanza da cidade de Fortaleza. Mas esta mensagem se converte em uma última fala de nosso querido mestre dirigida a todos os facilitadores de Biodanza do mundo. (clique aqui ou na imagem para ter acesso a carta)

O Princípio Biocêntrico

A base do modelo teórico da biodança (Sistema Biodanza ®) é o Princípio Biocêntrico. Ele é a conexão imediata com as leis que conservam e permitem a evolução da vida. Elaborado por Rolando Toro Araneda, antropólogo e psicólogo chileno, o princípio Biocêntrico tem como referência imediata a vida, e se inspira nas leis universais que conservam os sistemas vivos e tornam possível sua evolução. (clique aqui ou na imagem para ter acesso ao texto)

Cátaros: Extermínio dos Puros

Eles afirmavam que Jesus não era filho de Deus e defendiam a igualdade entre mulheres e homens. Conheça a história dos cátaros, cristãos que foram vítimas de uma cruzada e alvo da Inquisição. (clique aqui ou na imagem para ter acesso ao texto)

Biodanza – Dance of Life

Este vídeo produzido pela Escola de Biodanza do Rio de Janeiro contém uma breve explicação sobre a Biodanza. Com narração em inglês e legendas em português resgata aspectos essenciais da Dança da Vida. (clique aqui ou na imagem para ter acesso ao vídeo)

Elipse: